Uvas

Green_Grapes2

Acho que estou a crescer, ou o que é mais provável, a ficar velha. 🙂
Cada vez mais me apercebo de que me estou absolutamente nas tintas com o que as pessoas que não me interessam nada pensam de mim. É a pura da verdade e até fico contente comigo própria ao verificar isso. Há uns dias até cheguei a parar para pensar “Será que me estou mesmo nas tintas ou digo isto por despeito, tipo uvas verdes?” E depois parei à espera da resposta que não demorou muito a vir: “Nah. Quero lá saber da porcaria das uvas.”
Acho que quando era mais nova era um bocado “people pleaser.” Além disso não gostava de conflitos e evitava-os o mais possível. E penso que na minha família as pessoas nunca foram de exprimir os sentimentos, pelo que eu tenho uma grande dificuldade em fazê-lo.
Continuo a não gostar de conflitos, mas fiz uma espécie de promessa a mim própria: não me vou calar, não vou fingir, não vou esconder o que penso ou sinto só para agradar aos outros em detrimento de mim própria.
Isto é muito mais difícil de fazer quando se refere a pessoas de quem se gosta. Em relação às outras já sou mesmo totalmente indiferente. Em relação às pessoas de quem gosto tenho que fazer um esforço consciente para me manter verdadeira e sincera. Não quero esconder sentimentos. Quero sempre falar e agir com verdade em relação a mim mesma. Mas custa para caramba.
Uma coisa que me ajuda é pensar que se não gostam de mim como eu sou, do meu verdadeiro eu com todos os seus defeitos e qualidades, então sigam o seu caminho. Posso ficar um pouco em baixo, um bocado desiludida, mas no fundo sei que fico melhor sem essas pessoas. É só uma questão de pensar um pouco e rapidamente me recomponho.
O meu bem estar e felicidade só podem depender de mim própria. Estava tramada se deixasse que dependessem dos outros ou das circunstâncias. Se assim fosse não seria uma pessoa livre. Viva a liberdade. Lamento, mas não tenho cravos vermelhos.

Advertisements

2 thoughts on “Uvas

  1. boa sorte!
    a minha experiência de vida tem sido ao contrário, pelo que a minha luta pessoal é no sentido inverso.
    who wants to hear the truth?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s